17ª Jornada da Indústria pela Sustentabilidade


No dia 29 de novembro aconteceu em Rio Claro a 17ª edição da Jornada da Indústria pela Sustentabilidade. O evento, realizado desde 2013 em parceria com a Fiesp e o Ciesp, estimula as indústrias a refletirem sobre a sustentabilidade como uma estratégia empresarial possível e que agrega valor econômico a partir da busca de melhores práticas sociais e ambientais. O evento teve índice de satisfação de 96,1% e contou com a presença de representantes de empresas da região de Rio Claro. As três edições de 2016 tiveram como tema a Gestão Sustentável da Cadeia de Fornecedores, com objetivo de mobilizar as empresas a conhecerem e incorporarem boas práticas e tendências de sustentabilidade à estratégia de compras, com destaque para a gestão de fornecedores...
Leia mais aqui.

Aclimed na mídia | Médica dá 11 dicas para grávidas que trabalham terem uma gestação melhor

A gestação é um período que requer cuidados especiais da mulher, principalmente, no primeiro e no último trimestre. E como as mulheres ocupam 44% dos postos formais de trabalho, segundo dados do IBGE de 2016, essas preocupações quanto à sua segurança e bem-estar se estendam ao ambiente laboral. A médica do trabalho e diretora da Aclimed, Marianne Sobral, sugere que a gestante, sua família e a empresa sigam algumas medidas para que tanto a mãe quanto o bebê tenham a sua saúde física e mental preservadas. Veja a quais detalhes a grávida precisa estar atenta.

De olho em uma nova oportunidade

Quando se está à procura da oportunidade que lhe colocará novamente no mercado de trabalho, é comum a sensação de que estamos perdidos e sem rumo a tomar. A bem da verdade, é que o tempo parece nos pressionar e a ansiedade, muitas vezes, toma conta de nós.

E o que fazer nessa hora? Chorar e se lamentar pelo ocorrido? Correr e desistir no primeiro obstáculo? Gritar e implorar que alguém o contrate? Esbravejar, culpando todos a sua volta? Não, nada disso! O melhor a fazer é respirar fundo e ter um plano de ação em que consiga por em prática.

Então pare! Isso mesmo, pare! Respire fundo e tire a sensação de que cada minuto parado estamos pagando uma penitência, que estamos sendo castigados e que tudo é um peso muito grande para se carregar. Pronto! Agora mais relaxado, podemos continuar. Aposto como você já se perguntou:

1. Por onde eu começo? 2. Como redigir um currículo? Quais informações precisam ter? 3. Como inicio o processo de busca? 4. O linkedin é importante? Ele dá resultado?

Mas calma! É preciso ter disciplina e foco na busca, pois é um momento delicado da nossa vida, que mexe com o lado financeiro e familiar. Perder o emprego traz impactos bastante significativos, pois isso, mãos à obra no planejamento estratégico.

Dá uma olhada na lista de passos que separei para você:

O primeiro passo: A autoavaliação O autoconhecimento é o primeiro passo para o sucesso profissional. Por isso, pare e reflita através de uma retrospectiva de carreira e identifique:

1. Quais os seus pontos fortes e os pontos a desenvolver? 2. Como transcorreu sua carreira profissional? 3. Quais suas habilidades e qualidades? 4. O que te levou a ser demitido? 5. Você precisa mudar de postura ou atitude? 6. Quais as lições aprendidas? 7. Que tipo de modelo de trabalho eu desejo?

Esses são apenas alguns exemplos de perguntas que você deve fazer para você mesmo, até que esteja preparado para ir à próxima fase: O Currículo.

O segundo passo: O Currículo O preparo do currículo é o ponto de partida para se candidatar a qualquer vaga disponível, e será muitas vezes, a sua porta de entrada para àquela vaga tão esperada.

Além dos dados pessoais completos, é importante elaborar uma apresentação que chame a atenção do recrutador, em que tenha um resumo de suas principais habilidades e qualidades. É indispensável ser claro, objetivo e organizado. E caso possua mais de uma área de interesse, mencione apenas o necessário para aquela vaga e tenha um currículo diferente para cada objetivo.

E, por favor! Não coloque nenhuma palavra que desconheça o significado ou alguma tarefa / experiência que não saiba executar. Evite erros de português e currículo com mais de duas páginas. Atenção especial ao layout e diagramação do currículo. Isso conta muito quando o recrutador está em posse de seu documento. Não é uma regra, mas é importante, que o currículo quando enviado seja encaminhado em pdf para evitar possíveis problemas no recebimento.

O terceiro passo: A Busca Não tenha vergonha! Aprendi que é válido procurar amigos, contatos, parentes e até conhecidos, o que pode ajudá-lo a se recolocar mais rápido. A comunicação é importante nesse momento e pode ser um fator determinante para você ser “lembrado” quando surgir uma vaga com o seu perfil.

Cadastre seu currículo em: 1. Sites de empresas de R&S. 2. Sites de empresas que tenham a ver com a sua expertise. 3. Linkedin (mantenha seu cadastro atualizado e adicione pessoas que possam contribuir com indicações e com possíveis vagas em sua área). 4. É válido ter uma lista de empresas para que possa enviar seus currículos.

Aqui vale enviar e-mail para seus contatos se colocando à disposição em caso de oportunidade na área. E por falar em e-mail, vamos falar um pouco sobre ele. Lembre-se de colocar no assunto que se trata de um Currículo, sua área de interesse e o seu nome. Isso facilita no momento do recrutador salvar o seu documento e te encontrar com mais facilidade. No corpo do e-mail faça um resumo de suas qualificações, isso ajudará o recrutador a ter uma ideia do que você faz. Não se esqueça de assinar com nome e sobrenome (isso cria uma identidade), e com o número de seu telefone.

O quarto passo: Continuando a Busca Diariamente, é preciso que você acesse todos os sites de vagas em que você se cadastrou para saber se possui vaga no seu perfil. Isso inclui também o linkedin que deve ser monitorado diariamente. Mantenha seu currículo sempre atualizado e só se candidate às vagas as quais você possui as competências necessárias e preencha todos os pré-requisitos para aquela função. Esteja atento às oportunidades que aparecem e mantenha consigo seu telefone para um pronto atendimento.

No próximo artigo, falaremos um pouco mais sobre técnicas e ações que possam ajudar nessa busca.

E lembre sempre: Nunca perca a Fé, esteja perto de pessoas que te queiram bem. Manter o equilíbrio emocional nesse momento será muito importante.

Até a próxima!

Tatiana Santos
Especialista em T&D

7 passos para vender mais e melhor: Criando clientes LEAIS

O grande objetivo para o crescimento e perenidade da empresa, é criar clientes fiéis, que adquiram nossos produtos e serviços a primeira vez, e voltem a comprar repetidas vezes, e mais ainda, que nos indiquem a seus amigos e conhecidos. Este deveria ser o foco principal de toda empresa e sua equipe comercial, criar um relacionamento tão forte e maduro com seu cliente, que sejamos sempre sua primeira opção de compra. Um cliente leal não é aquele que compra cegamente de nós, que não faz pesquisas de mercado ou que aceita tudo o que o vendedor diz, e oferece. Confira na série de artigos disponíveL aqui!

PASSO 1PASSO 2PASSO 3 • PASSO 4PASSO 5PASSO 6PASSO 7

Employee Experience é chave para transformar o RH

Futuro dos departamentos de recursos humanos será baseado em criar uma cultura de inovação focada na motivação dos colaboradores.

O surgimento acelerado de novas tecnologias pressiona organizações a constantes mudanças para manter a vantagem competitiva, o que não se aplica somente ao setor de TI. O futuro dos departamentos de RH, por exemplo, será baseado em criar uma cultura de inovação focada na motivação dos colaboradores, a chamada “employee experience” ou experiência do colaborador. ler mais

Operadoras registram gastos de R$ 100 bilhões em 2016

As despesas assistenciais da saúde suplementar no Brasil atingiram a marca de R$ 100 bilhões em 2016, segundo o Custômetro dos Planos de Saúde. O índice é calculado pela Associação Brasileira de Planos de Saúde (Abramge) , que mede a quantidade de recursos aplicados pelas operadoras. Segundo a entidade, esta é a maior cifra já gasta nos primeiros dez meses de um ano pelas operadoras, mesmo com a perda de um milhão de beneficiários entre janeiro e agosto. Hoje, 48,3 milhões possuem planos de saúde médico-hospitalares. Segundo levantamento da Abramge, com base em informações da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), dos R$ 100 bilhões, cerca de 41% foram gastos com internações, 18% com consultas, 20% com exames complementares, 18% com terapias e o restante com outros atendimentos ambulatoriais e demais despesas médico-hospitalares. De acordo com a Abramge, os números já têm impacto no desempenho das operadoras de planos de saúde. Desde 2007, as empresas operam com margem de lucro inferior a 1%, e o resultado se reflete na dificuldade de operadoras alcançarem o equilíbrio econômico-financeiro.

Você sabia?

Hipóteses de saque do FGTS - recentemente foi incluída uma nova hipótese de movimentação da consta vinculada, veja: - Aquisição de órtese ou prótese para o trabalhador com deficiência para promoção de acessibilidade e de inclusão social (Lei nº 13.146/2015); Assinatura Escritório

Auxílio-doença para cuidar de parentes próximos aguarda decisão do Congresso.

O Senado Federal aprovou, em 2015, o Projeto de Lei do Senado (PLS) 286/14, que cria um novo tipo de benefício da Previdência Social, o auxílio doença parental. Para virar lei, o projeto agora só depende da aprovação da Câmara dos Deputados. De acordo com o projeto, será concedido auxílio-doença ao segurado por motivo de doença do cônjuge, dos pais, dos filhos, do padrasto, madrasta, enteado, ou dependente que viva a suas expensas e conste da sua declaração de rendimentos. O auxílio se dará mediante comprovação por perícia médica, até o limite máximo de doze meses" Veja a matéria completo no link abaixo: http://senadofederal.tumblr.com/post/138078260987/aux%C3%ADlio-doen%C3%A7a-para-cuidar-de-parentes-pr%C3%B3ximos Bom para os funcionários! E para as empresas?   Assinatura Escritório

Senado aprova ampliação da licença-paternidade para 20 dias

Senado aprova ampliação da licença-paternidade para 20 dias.O plenário do Senado aprovou no dia 03 um marco regulatório dos direitos da primeira infância, voltado para as crianças até seis anos de idade. O principal avanço do texto, que segue para sanção presidencial, é a ampliação da licença-paternidade dos atuais cinco dias para 20 dias. Por enquanto, o aumento da licença não será obrigatório para todos, mas apenas para as empresas que aderirem ao programa Empresa Cidadã, que também possibilita o aumento da licença-maternidade para seis meses. A licença-paternidade de 20 dias também valerá para adoção. Fonte: http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2016-02/senado-aprova-ampliacao-da-licenca-paternidade-para-20-dias   Assinatura Escritório

Cartão de registro profissional, obtido pela internet, vai substituir anotação na CTPS

Serviço vai permitir atendimento mais rápido, aprimorar a segurança das informações e os mecanismos de comprovação O Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS) vai emitir pela internet um cartão de registro profissional. A medida substitui as anotações nas Carteiras de Trabalho e Previdência Social (CTPS). O objetivo é oferecer um atendimento mais moderno e rápido aos profissionais que solicitam o registro, além de aprimorar a segurança das informações e fornecer mecanismos hábeis de comprovação. As mudanças foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU), desta quarta-feira (27), na Portaria Nº 89, de 22 de janeiro de 2016. A partir de agora, os trabalhadores que tiverem o pedido de registro aceito pelo ministério vão acessar o Sistema Informatizado de Registro Profissional (Sirpweb). Assim, não será mais necessário retornar ao posto de atendimento para a anotação do registro na Carteira de Trabalho. Sistema - O Sistema Informatizado do Registro Profissional (Sirpweb) foi criado para armazenar os dados de registros dos profissionais. Além disso, tem por objetivo dar transparência e agilidade aos processos de solicitação de registro, adequando-se ao que dispõe a Lei de Acesso à Informação. Por meio do Sistema, o interessado poderá ingressar com o seu pedido de registro profissional virtualmente, acompanhar o andamento da análise da sua solicitação, consultar a situação de seu registro e imprimir o seu cartão de registro profissional. Registro - O registro profissional é um cadastro do Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS). Ele permite que profissionais de quatorze categorias regulamentadas por leis federais ingressem no mercado de trabalho: agenciador de propaganda, arquivista, artista, atuário, guardador e lavador de veículos, jornalista, publicitário, radialista, secretário, sociólogo, técnico em arquivo, técnico em espetáculos de diversões, técnico de segurança do trabalho e técnico em secretariado. Saiba mais sobre o registro profissional, veja: O QUE É REGISTRO PROFISSIONAL? É a habilitação necessária para o exercício de algumas profissões regulamentadas. QUAL A FINALIDADE DO REGISTRO PROFISSIONAL? Garantir que os profissionais das categorias regulamentadas atendam os requisitos legais. É IMPORTANTE OBTER O REGISTRO PROFISSIONAL? Para as categorias regulamentadas é uma exigência estabelecida pelas legislações profissionais. QUAIS SÃO AS PROFISSÕES REGULAMENTADAS QUE DEVEM REALIZAR O REGISTRO PROFISSIONAL NO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO (MTE)? As categorias regulamentadas por lei que devem realizar o registro profissional no MTE são: Arquivista e Técnico de Arquivo; Artista e Técnico em espetáculos de diversão; Atuário; Guardador e lavador de veículos autônomo; Jornalista; Publicitário e Agenciador de Propaganda; Radialista; Secretário e Técnico em secretariado; Sociólogo; e Técnico de segurança do trabalho.   Assinatura Escritório